Como economizar energia: 13 práticas para reduzir a conta!

Como economizar energia: 13 práticas para reduzir a conta!

Atualmente, economizar energia é muito mais do que uma necessidade que envolve dinheiro, mas importante para o planeta. O uso de recursos não renováveis e renováveis cresce a cada evolução tecnológica, mudando a rotina de cada pessoa individualmente e das grandes empresas que “comandam” o mundo.

Então, saber como economizar energia é uma maneira de fazer com que a conta de luz não fique muito cara, além de cuidar do meio ambiente de diferentes formas. Para que você aplique isso em sua casa e rotina de maneira prática, a Henrilustres criou um compilado de dicas. Acompanhe para saber mais!

13 dicas sobre como economizar energia na sua casa!

Cidade iluminada vista de cima

Você sabia que muito do gasto doméstico de energia vai muito além de deixar uma luz acesa, por exemplo? Grandes porcentagens podem vir de eletrodomésticos que usamos no dia a dia e outros itens, por isso é essencial tomar alguns cuidados. Para economizar energia elétrica, você deve:

1. Evite deixar a geladeira com porta aberta

É muito comum adquirir o costume de deixar a porta da geladeira aberta mais que o necessário para pegar alimentos ou bebidas, para enchê-la, limpá-la, entre outras coisas. Mas esse “pequeno” ato gera consequências na conta, visto que esse eletrodoméstico corresponde mais ou menos 30% de toda a energia gasta, já que ela trabalhará mais para gelar os itens para vencer o ar quente que entra.

2. Mantenha a geladeira limpa

Deixar esse eletrodoméstico limpo e em bom estado para usar para que o ar circule bem e possa refrigerar todos os alimentos sem gastar energia extra. Lembre-se de não cobrir as grades, porque isso dificulta essa circulação.

3. Diminua o tempo de banho

Raios de luz

Demorar muito no banho é um vilão para a economia, pois a água precisa ser aquecida e isso pode resultar em até 20% da conta de energia elétrica. O banho quente é um dos principais vilões de quem precisa economizar energia elétrica. A regra é clara, quanto mais watts um chuveiro tem, mais energia ele consome.

Um chuveiro de 3.500 watts, por exemplo, consome 0,04 centavos por minuto e 2,44 reais por hora. Se considerarmos uma casa com 4 pessoas, as quais tomam apenas 1 banho por dia, no final de um mês temos um gasto de 48,00 reais por mês.

Entretanto, é óbvio que em dias frios não tem como ficar tomando banhos gelados, mas você pode reduzir o tempo de banho e até mesmo limpar os furinhos da ducha para ampliar a vazão de água, o que tornará o seu banho muito mais rápido e econômico. E, sempre que possível, tome banho na parte da manhã ou tarde, já que o horário que gasta mais energia é entre 18h e 21h, que são quando a maioria das pessoas estão em suas casas.

4. Evite deixar a TV ligada quando não há uso

Quando colocar em um programa para assistir ou outra coisa e precisar se ausentar para fazer outra tarefa, não deixe a televisão ligada sem ninguém assistindo. Desligue-a e, quando precisar, ligue novamente. E se tiver o costume de dormir com ela ligada, adicione um temporizador para que ela desligue de maneira automática, essa é uma das maneiras mais práticas para economizar energia.

5. Opte por lâmpadas econômicas

Lâmpada acesa

Existem muitos tipos de lâmpadas e cada qual tem suas características. As lâmpadas incandescentes possuem baixa capacidade de luminosidade, em contrapartida, bem sabemos que muitas pessoas acham as lâmpadas de LED muito caras, já que podem custar até 3x mais do que as lâmpadas incandescentes.

Mas, as lâmpadas incandescentes têm um tempo de vida estimado em aproximadamente 1000 horas de iluminação, já as de LED possuem um tempo de vida útil de 25.000 horas. Mas 1 lâmpada de LED capaz de te oferecer as mesmas 25.000 horas, ou seja, mais econômicas, além de serem muito amigas do meio ambiente. Com elas, você pode reduzir muito a quantidade gasta mensalmente de energia elétrica.

6. Apague as luzes quando sair do cômodo

Estava na sala e precisou ir para o quarto? Desligue a luz. Está limpando um cômodo e precisa ir para outro? Desligue a luz também. Mesmo que você prefira uma casa bem iluminada, não há necessidade de deixar todas as lâmpadas de todos os cômodos acesas. Esse simples ato pode fazer uma enorme diferença!

Além disso, você pode optar por um sensor de presença, assim eles apagarão as luzes automaticamente, mesmo que você se esqueça. Aliás, temos um post completo sobre como instalar sensor de presença inteligente, confira depois!

7. Usufrua da luz natural sempre que puder

A luz natural é uma dádiva, ela oferece a visibilidade necessária para realizarmos nossas tarefas do dia a dia, deixando tudo mais claro e lindo. Então, durante o dia, uma das maneiras de como economizar energia é deixar as lâmpadas desligadas, abrir cortinas, janelas e portas e deixar a luz natural entrar! Nós temos um post com dicas de iluminação natural, você pode conferir depois e aplicar em sua casa!

8. Desligue aparelhos da tomada

Quando ficar longas horas do dia ou mais de 24 horas fora de casa, desligar alguns aparelhos da tomada pode ajudar muito a economizar energia. Esses podem ser a televisão, microondas, fogão elétrico, até mesmo o modem da internet. Isso é bom, inclusive, se a sua região tiver muitos apagões de energia, pois evita que os aparelhos queimem.

9. Use o ferro elétrico somente quando precisar

Você sabia que o uso do ferro elétrico pode corresponder a cerca de 7% dos gastos de energia? É claro que esse costuma ser um eletro portátil essencial para manter as roupas sempre alinhadas e sem amassado. Mas, para economizar, junte uma quantidade maior de roupas e faça tudo de uma vez só, usando o nível certo para cada tipo de tecido. Quando não usar mais, desligue da tomada!

10. Economize a bateria de seu celular

A primeira pergunta que temos para você é a seguinte: quantas vezes você carrega o seu celular por dia? Estima-se que gastamos 0,23 centavos de energia a cada vez que carregamos o nosso celular. Parece um valor irrisório, mas acaba ganhando maior sustância quando não moramos sozinhos e compartilhamos a energia elétrica com outras pessoas.

Sendo assim, para diminuir o gasto com carregamentos de celular, após alcançar o 100% de bateria, busque nas configurações de seu celular, a opção de baixa energia, assim o equipamento reduzirá o desempenho com aplicativos que estão parados. Além disso, alguns celulares já contam com o modo noturno, uma funcionalidade que diminui a luminosidade da tela e, consequentemente, os gastos energéticos.

11. Verifique as luzes dos painéis de eletrodomésticos

Sabe aquela luzinha vermelha do tamanho de uma bolinha que fica na TV assim que você a desliga, ou a luz de display do relógio do micro-ondas? Pois bem, mesmo que esses eletrodomésticos não estejam realizando as suas funções prototípicas, estão conectados na tomada e, portanto, gastando energia.

Então, o meio mais eficiente de economizar é tirando todos os eletrodomésticos da tomada quando inutilizados, exceto o aparelho da TV a cabo, já que pode desconfigurar a lista de canais.

12. Tome cuidado com o ar condicionado

O ar condicionado certamente é uma das propostas tecnológicas mais incríveis já inventadas e merece, sim, ser utilizado no dia a dia, ainda mais no verão. O problema nunca foi o uso do aparelho em si, mas o uso indevido. Muitas pessoas ligam o equipamento mesmo que não estejam no ambiente de instalação e o deixam ligado por horas a fio, consumindo muita energia.

Então, se quer economizar com o ar condicionado, nunca deixe janelas e portas abertas, do contrário você propicia a evasão de ar e pouca ventilação ao ambiente. Afinal, um ar condicionado de 1000 watts consome em média 0,66 por hora. Ao final de um mês, deixando o ar ligado todos os dias por 8 horas, teríamos um gasto de 158,00 reais. É muito dinheiro, não acha?

13. Invista em eletrodomésticos mais eficientes

Escolher os eletrodomésticos certos pode fazer muita diferença na hora de economizar energia. Se você comprar algo mais barato e não tão eficiente, no fim, sairá caro! Sendo assim, no momento da compra, confira o selo conferido pelo Inmetro, as opções A são as mais eficientes.

Não é tão complicado inserir isso na rotina, não é? Você pode esquecer no início, mas é perfeitamente compreensível, só tenha em mente que você precisa adquirir o hábito das dicas que demos de como economizar energia para não pesar tanto em seu bolso e para ajudar o meio ambiente!

A fuga de energia pode estar te empobrecendo

Parte do planeta terra visto de perto com pontos de luz

É muito importante que você se assegure de que o alto valor em sua conta de luz não está vindo de uma possível fuga de energia. Para tanto, recomendamos que você apague todas as luzes de sua residência e retire todos os eletrodomésticos da tomada. Após essas ações, certifique-se de que o medidor de energia ficará parado e estável, do contrário pode haver alguma falha na rede elétrica.

Nesse caso em específico, o ideal é entrar em contato com um eletricista para averiguar como anda a fiação. Isso porque, se houver o problema, mesmo com todos os cuidados, você ainda estará desperdiçando energia por aí.

Bem, agora que você já sabe como economizar nos gastos com energia elétrica, que tal compartilhar o post de hoje com os seus familiares? Quando muitos estão unidos para alcançar um propósito, tudo fica mais fácil. E se gostou deste conteúdo e quer receber mais dicas como essa, fique por dentro de nossas postagens semanais. Aqui você encontra conteúdos diversos e úteis para melhor otimização de projetos de iluminação e Arte & Decor!

Deixe um Comentário