Tipos de spot de luz: saiba quais são e como escolher!

Quando falamos em projetos de iluminação e decoração de ambientes, os spots de luz vem tomando cada vez mais espaço por serem itens versáteis, que criam diversos tipos de efeitos em ambientes internos e externos. Por isso vários tipos de spot foram criados para atender a necessidades diferentes, cada um com a sua funcionalidade.

Os spots oferecem uma iluminação mais direcionada, então são ótimos para dar destaque para objetos de decoração, como quadros na parede e também móveis, como estantes, mesas e plantas. Além disso, são utilizados para reforçar a iluminação dos ambientes por meio de uma combinação de luzes que trazem uma sensação de conforto, aconchego e bem-estar aos espaços.

Se você quer conhecer mais sobre os tipos de spot para instalar na sua casa ou estabelecimento comercial, acompanhe este post em que traremos tudo sobre cada um deles e algumas dicas para escolher o ideal. Vamos lá?

Quais são os tipos de spot que existem?

Toda decoração de ambientes deve contar com um bom projeto de iluminação, afinal ele fará a diferença em cada ambiente e tem o poder de evidenciar e dar o glamour ou de arruinar os espaços, tornando-os quase que inúteis e desconfortáveis .

Com o spot de luz, por exemplo, é possível criar ambientes com iluminação direcionada, para dar destaque em móveis, em objetos de decoração e criar espaços com diversas sensações, já que contam com diversas cores, ângulos possíveis de se ajustar e fluxos luminosos que ajudam a criar essas sensações. Agora você vai conhecer os modelos de spot mais comuns, acompanhe:

foto de spot de embutir

Spot de luz de embutir

É um dos tipos de spot mais conhecido. Podem ser de vários formatos: redondos, quadrados e retangulares e, como o próprio nome diz, eles são embutidos (instalados) em sancas de gesso, madeiras ou drywall.

O spot de embutir geralmente é mais discreto, então pode ser utilizado em todos os ambientes da casa sem afetar a decoração, deixando o visual mais limpo, minimalista e clean.

Existem modelos para proporcionar uma iluminação geral e também aqueles que são direcionáveis, para usar em locais específicos, como espelhos do banheiro. Nós temos um artigo com os principais tipos de iluminação embutida, confira também!

Spot de sobrepor

Já o spot de sobrepor é ideal para ser instalado diretamente no teto, muito utilizado para espaços que precisam de iluminação direta, como cozinhas, escritórios e lavanderias. Com ele, é possível utilizar mais de uma lâmpada e seu efeito oferece maior amplitude de iluminação dos ambientes.

Nesse caso a luminária fica à mostra, então, se você procura algo para dar um ar mais moderno e marcante para a casa, essa é uma opção perfeita, pois dá um efeito interessante sem gastar muito.

Spot com Luz LED

A lâmpada LED é a queridinha quando falamos em economia de energia e esse tipo de spot é um dos preferidos em projetos de iluminação, embora seja um pouco mais caro em relação aos demais tipos.

Sua iluminação é um pouco mais fria e sua utilização pode ser feita em locais variáveis: tanto em ambientes internos quanto externos. Um bom exemplo pode ser o uso de spots de Led em beiras de piscinas, jardins ou quadras esportivas.

Muitas pessoas se perguntam sobre a diferença do spot led e dicróica. Para te ajudar a entender os diferentes tipos de lâmpadas, vale a pena conferir nosso conteúdo completo e exclusivo.

Spot de trilho

O spot de trilho é uma alternativa para quem deseja fazer um projeto de iluminação sem gesso e quer criar um ambiente com um ar mais despojado e com um estilo industrial, bastante em alta.

O trilho permite fixar o ponto de luz em um único lugar da laje e distribuir vários spots para serem direcionados de forma aleatória, já que podem ser movidos e permite a mudança da posição das lâmpadas.

Spot de luz para móveis

Os spots de móveis, como o próprio nome diz, são mais utilizados em móveis para dar destaque sem deixar de ser uma iluminação sutil. Geralmente são usados em prateleiras, armários, estantes, nichos e guarda-roupas, justamente por ajudar na visualização dos itens e dar um charme na decoração do cômodo.

Ambiente interno de casa iluminado com spots com uma estante no centro e um homem no canto direito

Como escolher o melhor spot de luz

Agora que você já conhece os principais modelos de spot, chegou a hora de aprender algumas dicas para não errar na hora de escolher o ideal para o seu projeto. Primeiramente você precisa pensar onde aplicará a iluminação, pensando em cada detalhe que quer dar destaque. Vamos às outras dicas!

Temperatura da luz

Um ponto importante para se pensar é a intensidade e temperatura da luz do espaço que você vai iluminar. As lâmpadas de cor branca fria devem ser utilizadas em locais transitórios, como cozinhas, banheiros e corredores.

Já a luz quente é ideal se a sua intenção for criar um ambiente de aconchego, para descanso e com muito conforto, como o quarto e a sala de estar.

Quantidade de spots no ambiente

Os spots são versáteis e dão um clima gostoso em qualquer lugar, porém é preciso ter cuidado ao pensar no número de spots que cada ambiente terá. Se o objetivo é dar destaque a um ou outro ponto no local, não adianta carregar o espaço com muitos spots, você vai acabar não destacando nada. O ideal é pensar na harmonia do ambiente para não ter excesso ou falta de luz.

Posicionamento dos spots

Como adiantamos, é importante que você tenha um projeto bem desenhado antes de tudo, indicando onde ficará cada spot. Como será o foco, será direcional ou mais amplo? Você quer gerar mais conforto ou iluminar intensamente uma área? Tudo deve ser levado em conta.

Vista interna de quarto e sala de um apartamento bem iluminado e com cores brancas iluminado com spots

Qual spot ilumina mais?

A resposta certa é: depende da proposta do projeto! Como o spot é uma peça de iluminação complementar e não a principal, é importante pensar em outros tipos de luminárias para não deixar o ambiente mais escuro e não contar apenas com o spot para ser a fonte geral de luz do ambiente.

Uma dica é pesquisar os tipos de lustres disponíveis no mercado, essas peças tendem a funcionar bem como iluminação central de diferentes ambientes.

Onde pode colocar spot?

É importante ressaltar que qualquer ambiente da casa pode conter um spot na iluminação. Na decoração das salas, eles ficam ótimos dando destaque ao espaço da TV, por exemplo. Nos quartos, podem ser usados como luz de leitura ou criar uma bela decoração na cabeceira da cama.

Se você quer iluminar pias e bancadas, os spots também podem ser usados, seja no banheiro ou cozinha. Para a área externa são ótimas opções para levar luz a corredores cobertos, áreas de churrasqueiras e piscinas.

Lembre-se: embora existam muitos modelos de spot e os mais variados formatos, todos têm algo em comum: a versatilidade. Use e abuse da criatividade para tirar a decoração dos seus sonhos do papel.

E aí, deu para aprender um pouquinho sobre os tipos de spots e tirar suas dúvidas? Esperamos que sim. Ah, aqui no blog temos diversos posts com dicas para iluminação de cozinhas, banheiros e outros cômodos da casa. São muitos conteúdos! Continue acompanhando nosso blog e confira. Até o próximo post!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

1 comentário em “Tipos de spot de luz: saiba quais são e como escolher!”

Deixe um comentário